Lei de Cotas e inclusão de pessoas com deficiência

O artigo se ancora no percurso sócio- histórico da legislação de cotas para inclusão social de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Sistematiza os avanços na inclusão social em empresas, cujo contexto demonstra que existem vários modelos adotados por elas e estes estão orientados por visões ora de responsabilidade social, ora apenas para o cumprimento da lei, com processos conduzidos muitas vezes sem um projeto estruturado.

O artigo se ancora no percurso sócio- histórico da legislação de cotas para inclusão social de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Sistematiza os avanços na inclusão social em empresas, cujo contexto demonstra que existem vários modelos adotados por elas e estes estão orientados por visões ora de responsabilidade social, ora apenas para o cumprimento da lei, com processos conduzidos muitas vezes sem um projeto estruturado e voltado para uma inclusão ética e responsável. Tem como base referencial, primordialmente a Lei 8.213/91, a partir de um olhar empírico no âmbito do Projeto “Mapa de Nós” buscando demonstrar a realidade social de inclusão social no mundo do trabalho de Pessoas com Deficiência em dez comunidades pacificadas na cidade do Rio de Janeiro.

Acesse o artigo na íntegra

Autor: Aldeli Carmo e Tatiana Fonseca