Centro Integrado de Estudos e
Programas de Desenvolvimento Sustentável
Página Inicial

Extranet

Artigos

Uma análise psicossocial da lei de cotas

12/12/2016

Enviar para o Twitter Enviar para o Facebook

O presente artigo tem por objetivo discutir o tema empregabilidade e a deficiência, tomando como recorte e objeto de análise a Lei 8.213/91 que refere as cotas para pessoas com deficiências em empresas dando ênfase aos aspectos psicossociais que fazem parte do cotidiano dos atores sociais envolvidos na questão. Trata-se de um tema de relevância acadêmica e social, tendo em vista a complexidade da contingência histórica-social-cultural. Para atingir o objetivo proposto, faz-se uso do referencial teórico da antropologia e sociologia, articulados com a psicologia social crítica. Enquanto metodologia aplicada ao estudo, utilizou-se a análise documental do projeto “Mapa de Nós”, coordenado pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – CIEDS.

Acesse o artigo na íntegra

Parceiros

  • Shell
  • Fundação Itaú Social
  • Centro RIO + / ONU
  • Secretaria Municipal de Saúde RJ
  • Metrô Rio e Instituto Invepar
  • Chevron
  • Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro
  • Prefeitura de Macaé
  • Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social da Prefeitura do Rio de Janeiro – SMDS
  • Secretaria Municipal de Assistência Social – Nilópolis
  • CBVE
  • Canal Futura

Cadastre-se
E receba nossos informativos